17 de outubro de 2011

Dúvidas no caminho e o remédio infalível ...

Dúvida número 1:

“Ás vezes nos sentimos injustiçados, pouco acolhidos por pessoas que amamos, tá foi eu que senti, que vivenciei tal situação, mas pode ser que a injustiça aconteceu de fato, a pessoa querendo ou não, e acho que muitas vezes, as pessoas querem amar, ser boas, acolhedoras mas acho que também o contrário é real, somos humanos, imperfeitos, perfeito é só Deus, e muitas vezes não

desejamos mesmo o bem pra alguém, sentimos raiva, inveja, ás vezes não queremos mas muitas vezes até nos "deliciamos" com esses sentimentos", Então penso que a raiva existe, a ira, as injustiças (principalmente sociais, que estão aí a todo vapor).”

______

Trata-se tudo somente de nossa percepção, a maneira como vemos, sentimos = projetamos... - Não existe nada lá fora, tudo se encontra dentro da mente de quem vê – e é esta percepção que tem que ser limpa, desfeita... Só que nós/ego nada podemos fazer a não ser escolher a quem daremos o comando!

Se escolhermos ficar vivenciando, acreditando que somos realmente injustiçados, pouco acolhidos pelas pessoas e que a injustiça aconteceu de fato, acabamos por dar o comando ao ego! Pois é ele que é humano, imperfeito, muitas vezes não deseja o bem para ninguém, sente raiva, inveja e sim, pode se deliciar com esses sentimentos, afinal é disto que ego se alimenta.

Quem pensa que a raiva, ira, todas as injustiças existem e que vemos?

Somente o ego vê dessa forma!

Dúvida número 2:

“Vejo o homem nessa dualidade entre o bem e mal, o bem que quer fazer, e não faz e o mal que não quer fazer e faz (como está na Carta de São Paulo). Pra mim o homem não pode ficar acima do bem e do mal. Só Deus é perfeito, nós tentamos mas estamos longe dessa perfeição. Penso que isso não deve fazer a gente se sentir culpado, mas sim em condições de humildade em relação á Deus. Não estamos no mesmo patamar que Ele, embora sejamos Filhos Dele e participantes de sua obra, claro. A questão também é: As vezes os sentimentos ruins existem, as pessoas os externam porque está na cabeça ou coração delas. Parece que nem tudo, tudo, tudo são frutos da memória, ou serão...?”

_____


A dualidade que vemos também faz parte da mesma percepção de nosso ego... E acreditar que estamos longe da perfeição é dar aval ao ego, pois é ele que acredita nisto!

Sentimentos ruins, só estão na cabeça (mente) e coração de quem vê, só podemos ver o que está dentro de nós = projeção. O mundo é um reflexo dos nossos pensamentos. Quem projeta a forma e o significado da forma é a mente, a partir das premissas existentes "dentro" dela.

"O mundo que vês é o que deste ao mundo, nada mais do que isso. Ele é a testemunha do teu estado mental, o retrato externo de uma condição interna." (UCEM)

Temos ESCOLHA!!!

Podemos de momento a momento nos libertar do ego... Esquecendo tudo que aprendemos, que lemos, que assimilamos como verdade... Nada sabemos a partir de nosso ego, a não ser culpa, separação = MEDO!

Outra maneira de entender o que eu disse acima:

"Tu estás em casa em Deus, sonhando com o exílio, mas perfeitamente capaz de despertar para a realidade. É decisão tua fazer isso? Reconheces, a partir da tua própria experiência, que o que vês em sonhos pensas que é real enquanto estás dormindo. No entanto, no instante em que acordas, reconheces que tudo o que parecia acontecer no sonho, absolutamente não aconteceu. Não achas isso estranho, muito embora todas as leis daquilo para o qual despertas tenham sido violadas enquanto dormias. Não é possível que simplesmente tenhas te deslocado de um sonho para outro, sem ter realmente acordado?" (UCEM-T-10.I.2)

O AMOR é a ÚNICA REALIDADE, tudo o mais é somente um sonho, dormindo ou em vigília = ilusão, mas para isto é necessário dar o comando ao mestre que pode resolver – o EU... Sempre cabe essas palavras do Curso em Milagres... “não podemos/ego cancelar sozinhos nossos erros passados. Eles não desaparecerão de nossa mente sem a Expiação (o desfazer), um remédio que não foi feito por nós/ego."

Lena Rodriguez

Cuide Bem de Você!

www.cuidebemdevoce.com

13 de outubro de 2011

A Indústria Musical - A música é controlada. FIQUE ATENTO!!!

Créditos de Desperta Portugal

A Musica é uma indústria que gera largos milhões de dólares por ano, é uma indústria que move massas em todo o mundo, talvez por isso e se a ‘Matrix’ é real então a musica é certamente uma das suas armas poderosas.

O fabrico de estrelas pode ter (mais uma vez) o propósito de afastar as pessoas mais ainda delas próprias, visto de um outro lado da realidade as pessoas fazem ídolos que podem influenciar as suas condutas e seus modos de vida de acordo com a imagem que a mídia dá, imagem de ilusão porque não conhecemos verdadeiramente esses ídolos, as pessoas idolatram outras pessoas que não conhecem verdadeiramente e algumas são capazes de fazer tudo pelos seus ídolos mas se calhar por um amigo ou um conhecido não fazem metade ou talvez até nada, adoram pessoas que nem sequer sabem que você, que os adora, existe. Os jovens então são capazes de imitar tudo de um ídolo, devíamos era adorar os que nos conhecem e gostam de nós como somos, devíamos idolatrar os nossos amigos e fazer tudo por eles, a indústria da musica parece impedir uma melhor vibração no campo físico à volta de cada um.

A Industria e as Estrelas dão ilusão, criam falsa percepção e olha só o nome… ‘Estrelas’… tinha de ter uma estrela no meio disso! Não é a musica que está errada, claro que há musica boa e músicos de qualidade em todo o lado, é a própria indústria que se denuncia aos despertos com o ambiente criado à sua volta. Muitos artistas não devem saber o que está por trás de uma simples letra que lhes é imposta, ou por trás de um videoclipe ou mesmo de uma capa de disco, outros artistas devem saber que são marionetes a quem deve ter sido prometido algo, outros que pensam que estão no topo pelo seu valor esquecendo que foi o valor que a indústria lhes deu, os escolhidos fazem as modas, há também os músicos de valor inquestionável mas se a indústria quiser coloca-os em baixo como foi o caso do Michael Jackson que quando percebeu o meio onde estava quis saltar fora e foi então que influenciaram dizendo que ele era pedófilo e tratava mal crianças ou que era maluco e mudou de cor etc.

Esses tipos de pessoas do mau, que pensam poder dominar o mundo, são capazes de qualquer coisa. Fazem uma mentira virar uma verdade, e uma verdade virar uma mentira. O que conta agora é você exercitar seu poder de discernimento para perceber a teia de aranha que está armada e que você está envolvido sem perceber. É a matrix devoradora de homens e ideais humanos. Liberdade é algo que esta virando lenda agora. Quando alguém pensa que é livre, é porque está mais mancomunado com o dragão do que imagina.

A indústria da música atualmente é isso, uma mentira que querem-nos meter goela a dentro. A verdadeira música, esta cada vez menos audível, se perdendo nas prateleiras e arquivos. Os compositores espiritualistas e voltados para o melhoramento da raça humana estão desaparecendo ou escondidos, ou então não estão disponíveis, porque o mercado não vende seus discos. Não se houve mais os grandes mestres da música clássica na TV, por exemplo. O que importa é o rococó de ruídos e xingamentos e que infelizmente se afina com os temperamentos de uma parte da população. Em qualquer bar temos uma TV e um som pronto para despejar o esgoto sonoro e visual na cara das pessoas sem qualquer filtro ou escrúpulos. Não percebem que já são massa de manobra do poder econômico e político e que a influencia da má musica e imagem é subconsciente também.

A musica clássica, a verdadeira musica new age, as grandes orquestras saíram de moda, virou cafona ou careta como dizem nossos jovens. Nas boates, bares, salões populares o que se houve é a má musica. Musica romântica para refrigerar e inspirar o Espirito, definitivamente não vira. O jovem está tão distante do romance que tem até vergonha de ser flagrado dançando juntos, abraçados. Felizes eram nossos pais e avós que ainda tiveram o privilégio de ouvir as Grandes orquestras e bandas. Que saudades de músicos como Paul Mauriat, Ray Connif, Vivaldi, Chopin, Mozart, Bach, apenas para citar alguns. Quem não se lembra das grandes valsas, dos adágios, que inspiraram os grandes ballets? E as letras românticas e inspiradoras que faziam parte do cotidiano daquela época? Eram manifestações da expressão musical e artísticas, sinônimos de bom gosto e arte refinada, sem contar com a enorme plêiades de autores e musicas com M maiúsculas que verdadeiramente inspiraram nosso entes queridos de outrora. Na atualidade músicos como Vangelis, Yanni, Roger Saint Denis, Medywn Goodal, Giovani Marradi, Richard Clayderman. André Rieu e muitos outros, são apenas ouvidos por quem sabe que eles existem, pois, na TV ou FM, não se ouve esses artistas. Eles ainda estão ai para mostrar a boa musica, mas, pergunte para as pessoas em geral se conhecem esses compositores ou intérpretes?

Hoje, qualquer porcaria que se houve é chamada de musica. Ledo engano, nunca uma fauna de ruídos desse nível poderia ser chamado de Musica. Seria ofender as Musas que inspiraram o gênero humano. Musica é poder real, ela constrói os mecanismos das sinapses no cérebro, foi descoberto que a formatação do cérebro, ou a maneira da pessoa pensar está relacionada diretamente com o tipo de musica que a pessoa ouviu quando era criança. Coloque limalha de ferro em uma superfície e execute uma nota ao violino, por exemplo. Você verá que formas geométricas serão formadas de acordo com o tipo de execução. É algo incrível, pois os fluidos de nossos corpos são formados por cristais também. Os homens do mau sabem disso, mas e as pessoas que não se dão ao trabalho nem de analisar aquilo que estão comendo, muitos menos darão atenção ao tipo de musica a que estão expostas...são as vítimas inconsequentes dessa manipulação sutil.

Conta-se que na antiga China, o Imperador, sempre atento a harmonia e progresso do povo, enviava de tempos em tempos funcionários para observar e ouvir a musica tocada em cada região ou lugarejo. Verificava se a musica era romântica e inspiradora. Nesse caso, dizia-se: o Império esta a salvo. Porém, se a música era inspiradora de maus hábitos, blasfema, anárquica ou profana, e induzia o povo a dança promiscua ou gesticulação lasciva e afeminada, por parte dos homens, já era considerado algo gravíssimo e providencias eram tomadas para acabar com o foco emissor dessa má influencia. Com os relatórios coletados o Imperador saberia tomar as medidas para destruir esse foco que julgava perigoso para o estado. No caso da musica promiscua e degenerativa, o exercito era convocado para varrer do mapa a aldeia ou lugar onde era ouvida, assim, como os divulgadores da má musica.

Isso é apenas a história registrada da antiga China milenária para que possamos saber do poder da musica e como ela já naquela época era objeto de investigação e os mestres antigos conheciam seu poder para o bem ou para o mau. Saberiam se era considerada perigosa ou boa para a paz do estado. Impérios se ergueram e caíram diante do poder da musica.

Uma coisa é certa e podemos ver isso agora, cada vez mais, a musica hoje é feita para violentar os mais nobres ideais de fraternidade, de amor verdadeiro e sentimento de beleza e romantismo. O apelo a promiscuidade é tremendo. Infelizmente, a musica de hoje já paira como um marco indicativo de final de ciclo, porque nenhuma sociedade pode conviver com promiscuidade e irresponsabilidade ética. Toda civilização onde o sexo se degenerou foi fadada a destruição por forças naturais. A Natureza não tolera a inversão da ordem natural.

“A Industria da Musica é controlada” por forças poderosíssimas, compostas de homens, grupos secretos, conselhos que se reúnem à espreita, corporações industriais e centros de pesquisas que tem por objetivo é destruir e controlar o seu semelhante. É difícil acreditar que existam pessoas desse naipe. Já pensou se todo o esforço para provocar danos as pessoas fossem utilizados para o seu melhoramento?

Há uma enorme quantidade de bandas e artistas que têm em comum a simbologia do costume, o ocultismo, o subliminar nos seus discos, clips e letras, fala de historias e testemunhos inclusive entrevistas polemicas que o Michael Jackson deu e talvez por isso já não canta nem dança para nós. Fique atento, que por trás da música da atualidade vem uma mensagem devastadora de quebra dos bons costumes e sua vulgarização. Expor nossos filhos a ouvir qualquer musica é o mesmo que apontar uma arma na sua cabeça e acionar o gatilho, o efeito será sentido pelo resto da vida, mas, o contrario também funciona se habituarmos a criança a ouvir musica suave, lírica, executada, principalmente ao piano, violino, pois cada instrumento atuam em uma determinada área do cérebro. Tenha a coragem de tomar a atitude mais certa que talvez você nunca pensou em fazer: desligue a TV porque é justamente esse mostro que existe em cada casa por onde entrará os tentáculos do dragão que aprisionará a alma humana.

Um papa medieval, em uma de suas profecias, afirmou: No final dos tempos haveria um monstro que devoraria as pessoas dentro de suas próprias casas. Os especialistas em interpretações de profecias afirmam categoricamente que se trata da televisão e sua influencia devastadora.

Uma vez Desperto quase tudo o que era coincidência deixa de o ser.

Boas pesquisas

Reprodução Automática – 9 Vídeos

Jose roberto vratto

____

Lady Gaga satanismo oculto em seus clipes, fique atento pois é real

Mais vídeos para A Indústria Musical - A música é controlada ... »

_______

CUIDE BEM DE VOCÊ

ESSÊNCIAS MUSICAIS DE BACH

12 de outubro de 2011

O Poder das Palavras



CUIDE BEM DE VOCÊ
www.cuidebemdevoce.com

Interferência da mente


Nossa mente cria a nossa realidade!

Parte do filme Quem somos Nós, refere-se às influências sutís que exercemos mentalmente.

Experimento da dupla fenda de Thomas Young.



Foi por conta da interferência do observador que descobrimos cientificamente sobre os perigos de emoções persistentemente danosas. O corpo humano é composto de 75% de água, e elas se moldam aos afetos do ambiente (Massaro Emoto).

CUIDE BEM DE VOCÊ
www.cuidebemdevoce.com


9 de outubro de 2011

4 de outubro de 2011

Adyashanti


Expressar tanto as infinitas possibilidades e a simplicidade de uma vida ordinária espiritualmente realizada...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...