17 de março de 2012

...e realmente não existe ninguém lá fora. Existe apenas um ego, parecendo muitos...


“...e realmente não existe ninguém lá fora. Existe apenas um ego, parecendo muitos. Entre os aparentemente separados não existe crença na qual a concessão é mais avidamente aceita do que a crença no sonho da morte... (Pursah)

...Se a morte é real para o que quer que seja, não há vida. A morte nega a vida. Aqui não é possível nenhuma transigência. Ou existe um deus do medo, ou um Deus do Amor. O mundo tenta fazer mil transigências e tentará fazer outras mil, nenhuma pode ser aceitável para os professores de Deus, pois nenhuma seria aceitável para Deus. Ele não fez a morte porque Ele não fez o medo. Ambos são igualmente sem significado para Ele...

A “realidade” da morte está firmemente enraizada na crença segundo a qual o Filho de Deus é um corpo. E se Deus tivesse criado corpos, a morte certamente seria real. Mas Deus não seria amoroso. Não há nenhum ponto no qual o contraste entre a percepção do mundo real e a do mundo das ilusões se torne mais evidente. (UCEM – MP – págs. 68/69)

Mais uma vez, o mundo real é o que eu vou vernão com os olhos do meu corpo, mas com minha atitude – quando eu tiver perdoado completamente o mundo e não estiver mais projetando qualquer culpa inconsciente sobre ele. Isso também vai ter que significar que eu estou completamente perdoado, e que a percepção e o tempo estão chegando ao fim para mim.

Falando sobre a crença de que o Filho de Deus é um corpo, percebi nesse ano que os cientistas chamaram o mapa do genoma humano, que é o esquema completo do código genético humano, de “livro da vida”. Eles disseram que ele determina quem você é! (Gary)

Sim. Eles admiram a complexidade e a chamada beleza do corpo, e ignoram a mente que o dirige. Isso é como pensar que um computador, que não pode fazer nada, é importante, e que o programador, que diz a ele o que fazer, deveria ser ignorado. O ego venceu temporariamente.
Lembre-se, se algo ajudar os pesquisadores a descobrirem tratamentos para doenças que possam ajudar às pessoas, nós não nos oporemos a isso. Nós já indicamos que a maioria das mentes pode curar mais facilmente o corpo se existir um tratamento envolvido que a pessoa possa aceitar sem medo. Mas lembre-se de algo mais. Existem pessoas que têm todas as razões físicas para terem problemas cardíacos e doença de Alzheimer, cujas artérias estão todas entupidas, ou têm uma história familiar infeliz, e, entretanto, não têm quaisquer sintomas de doenças. É sempre a mente que decide se vai ficar doente ou não – e se vai sarar ou não.

“...sua vida e morte aparentes nesse mundo: (Pursah)

... Em qualquer estado à parte do Céu, a vida é ilusão. Na melhor das hipóteses, parece vida; na pior, parece morte. No entanto, os dois são julgamentos sobre o que não é vida, são iguais na sua falta de acuidade e de significado. A vida fora do Céu é impossível e o que não está no Céu não está em lugar nenhum. (UCEM – LT – ps. 526/527)

(trechos de: O Desaparecimento do Universo)
_______________

E o Céu está aqui mesmo, dentro de cada um de nós... Lena Rodriguez

Cuide bem de você...
www.cuidebemdevoce.com

2 comentários:

  1. Não tenho palavras para lhe agradecer...
    Pratico o Ho'oponopono há 2 meses e as vezes me sinto desmotivada pelas dificuldades que estou enfrentando em minha vida, então eu venho aqui e leio suas mensagens, seus textos(que por acaso, são muito bem escritos) e limpo tudo em mim tudo que esteja causando essas duvidas.
    Sinto muito, eu te amo.

    Paz do Eu

    ResponderExcluir
  2. Não é necessário, meu objetivo é apenas este mesmo, pois eu não desisto e é mais forte que meu pequeno e desejo ardentemente que todos possamos retornar para a mente certa, para o Reino dos Céus que está aqui mesmo dentro de nós e que um dia, não sei como...esquecemos.
    Me perdoe, eu me amo e te amo também, pois eu não seria completa sem você!
    Paz do EU!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...